Assine VEJA por R$2,00/semana
Imagem Blog

Radar

Por Robson Bonin
Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Nicholas Shores e Ramiro Brites. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.
Continua após publicidade

Moro poderia ser impedido de julgar ex-advogado da Odebrecht

Não fosse o Ministério Público Federal

Por Da Redação Atualizado em 4 set 2017, 17h30 - Publicado em 2 set 2017, 16h00

O juiz Sergio Moro poderia ser impedido de julgar o ex-advogado da Odebrecht Rodrigo Tacla Duran não fosse o Ministério Público, que, estranhamente, ocultou uma resposta da Receita Federal que investigou o acusado.

Há dois anos, pelo menos, a força tarefa da Lava-Jato em Curitiba sabe que o escritório de advocacia Zucoloto, do qual Rosângela Moro, esposa do juiz, foi sócia, era correspondente na cidade paranaense do escritório de Duran. Essa informação consta na resposta enviada pela Receita Federal ocultada dos autos pelo Ministério Público.

Caso este documento constasse nos autos, o impedimento de Moro poderia ser questionado.

Duran foi acusado de lavagem de dinheiro e de formação de organização criminosa pelo Ministério Público Federal. Chegou a ser detido na Espanha, mas libertado pouco depois. Por obter dupla cidadania, está no país basco desde então. Livre e tecendo duras críticas à Lava-Jato. 

Continua após a publicidade
Quadro de funcionários, correspondentes e colaboradores do escritório de Tacla Duran; destacado, o nome de Rosângela Moro (Reprodução/Reprodução)

 

 

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.