Clique e Assine VEJA por R$ 9,90/mês
Imagem Blog

Radar

Por Gustavo Maia (interino) Materia seguir SEGUIR Seguindo Materia SEGUINDO
Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Nicholas Shores e Ramiro Brites. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.
Continua após publicidade

Lula diz que vai retomar obras paradas e já anuncia viagens ao Nordeste

O presidente disse que vai inaugurar um conjunto do "Minha Casa, Minha Vida" na Bahia na próxima terça-feira

Por Gustavo Maia Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO 8 fev 2023, 12h25

Em reunião com representantes de 15 partidos que podem integrar a base do seu no Congresso, Lula anunciou que vai retomar obras paradas há até 20 anos e viajar toda semana pelo país, começando na próxima terça-feira com a inauguração de um conjunto do “Minha Casa, Minha Vida”, na Bahia.

O presidente disse aos aliados que promoverá reunião ministerial depois de voltar dos Estados Unidos, para onde viaja nesta quinta, sobretudo com as pastas ligadas à infraestrutura. Isso porque, segundo ele, já há “muitas coisas para anunciar, recomeço de obras que estão paradas há 15, 10, 12, 20 anos, e que podem ser recomeçadas porque já tem projetos aprovados, porque já estão semiacabadas, alguns faltam 20%, 15%”.

“O dado concreto é que a gente vai tentar acabar tudo aquilo que estava começado e que ficou parado. E a gente não quer saber de quem que é a obra, que período de governo ela foi feita. A gente quer saber se a obra é de interesse da cidade ou do Estado”, declarou Lula.

Depois da viagem à Bahia, ele disse que irá a Sergipe para dar continuidade a um conjunto de obras da BR-101, “que já era para estar pronta há muito tempo, mas não está pronta, nós vamos então recomeçar”.

Continua após a publicidade

“A partir daí, nós vamos viajar toda semana para muitos Estados, para muitas cidades, na perspectiva de que a gente coloque a roda gigante da economia para funcionar”, complementou o presidente.

“Ou seja, se a gente a conseguir fazer com que todas as obras que estão paradas comecem a funcionar e a gente comece a terminar algumas delas, a gente pode contribuir para fazer com que a economia brasileira não seja o desastre previsto pelo FMI na última avaliação deles”, acrescentou, em uma alfinetada ao governo Bolsonaro — que o próprio Lula recomendou esquecer.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 9,90/mês*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 49,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$118,80, equivalente a 9,90/mês.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.