Assine VEJA por R$2,00/semana
Imagem Blog

Radar

Por Robson Bonin
Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Nicholas Shores e Ramiro Brites. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.
Conteúdo para assinantes
Continua após publicidade

Lava-Jato usou informações obtidas em grampo ilegal, diz doleiro

Segundo Alberto Youssef, ele foi questionado por delegados sobre temas compartilhados dentro da cela

Por Robson Bonin Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO Atualizado em 15 jul 2019, 11h15 - Publicado em 15 jul 2019, 11h15

No depoimento que prestou à corregedoria da Polícia Federal, sobre o grampo clandestino instalado na cela 5 da carceragem da Lava-Jato em Curitiba (revelado por VEJA em 2014), o doleiro Alberto Youssef confirma que integrantes da operação, como os delegados Márcio Anselmo e Erika Marena, abordavam em depoimento assuntos que os presos haviam discutido apenas dentro da cela monitorada.

“Se recorda se os assuntos que o declarante e outros presos da operação Lava-Jato conversavam na cela era (sic) questionado posteriormente pelos delegados Marcio Anselmo, Erika Marena ou outro delegado que os interrogava? “, questionaram os investigadores.

“Com certeza”, disse Youssef.

O doleiro também confirma que abordou assuntos sigilosos de sua estratégia de defesa na cela grampeada, o que teria violado seu direito constitucional. Youssef diz aos investigadores que não questionou as possíveis violações porque acabou fechando acordo de delação com a Lava-Jato logo depois.

Na quinta-feira da semana passada, o Radar revelou o conteúdo explosivo do depoimento de Youssef — leia mais em Escuta clandestina na cela.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.