Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Hora da verdade

Na reunião de sua nova coordenação política, Dilma Rousseff cobrou que o governo faça valer a recém-reconstruída coalizão. A presidente cobrou principalmente que a votação do veto ao reajuste dos servidores do Judiciário, que teve de ser remarcada para esta quarta-feira pela manhã por falta de quorum na véspera, tenha apoio maciço do PMDB, agraciado […]

Por Da Redação Atualizado em 31 jul 2020, 00h21 - Publicado em 7 out 2015, 09h02
Dilma: cobrança à base

Dilma: cobrança à base

Na reunião de sua nova coordenação política, Dilma Rousseff cobrou que o governo faça valer a recém-reconstruída coalizão. A presidente cobrou principalmente que a votação do veto ao reajuste dos servidores do Judiciário, que teve de ser remarcada para esta quarta-feira pela manhã por falta de quorum na véspera, tenha apoio maciço do PMDB, agraciado com sete ministérios.

Ministros admitem que foi um erro marcar o primeiro teste no Congresso para a manhã de uma terça-feira, quando deputados e senadores ainda estão voando de suas bases para Brasília.

Publicidade