Assine VEJA por R$2,00/semana
Imagem Blog

Radar Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO

Por Robson Bonin
Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Nicholas Shores e Ramiro Brites. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.
Continua após publicidade

Governo do RJ promete extinguir lixões clandestinos até o fim de 2024

Três grandes grandes vazadouros de lixo urbano foram fechados nesta semana

Por Ramiro Brites Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
9 nov 2023, 16h30

O governo do Rio de Janeiro deu nesta semana um importante passo para combater um problema ambiental histórico do estado: os lixões clandestinos. Os locais irregulares de descarte de lixo de Bom Jesus do Itabapoana, Miracema e Porciúncula foram desativados.

No caso de Bom Jesus do Itabapoana, por exemplo, o lixão funcionou por cerca de três décadas. Apesar de não serem conveniadas com órgãos ambientais, os locais eram usados pelas prefeituras como uma solução barata para o descarte de resíduos, como é o caso de Miracema. 

“Em função da queda drástica da arrecadação municipal nos últimos anos fez-se necessária a adoção de medidas para redução de gastos na gestão integrada de resíduos sólidos urbanos levando a reativação do vazadouro”, disse a diretora de Meio Ambiente do município, Débora Magdaleno. 

O Programa Compra de Lixo Tratado é uma parceria do governo do Estado com as prefeituras para o descarte correto de resíduos. O vazadouro de Teresópolis também já havia sido desativado e o objetivo é erradicar os lixões clandestinos de todo o Rio de Janeiro até o fim de 2024. 

“O governo estadual entra como apoiador das prefeituras com o pagamento de um percentual para encerrar definitivamente o lixão”, explicou o vice-governador e Secretário do Meio Ambiente, Thiago Pampolha. 

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

O Brasil está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por VEJA.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou

Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.