Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Governo Bolsonaro dá Luísa Sonza como morta; cantora levou caso à Justiça

Por causa de uma falha no ConectSUS, artista passou sufoco ao tentar embarcar para Portugal

Por Laísa Dall'Agnol Atualizado em 16 dez 2021, 15h06 - Publicado em 16 dez 2021, 12h48

Na última semana, a cantora Luísa Sonza passou por um sufoco ao tentar embarcar para a Europa.

Ao acessar o Conecte SUS, viu que o aplicativo do governo estava declarando-a como morta, o que a impediria de emitir o certificado internacional de vacinação — Luísa estava indo para Portugal e o país exige a comprovação no momento do embarque.

Sem conseguir resolver o problema, entrou com mandado de segurança na Justiça Federal alegando a urgência da agenda e os prejuízos que teria caso não cumprisse os compromissos.

No final das contas, ganhou uma liminar que obrigou o Ministério da Saúde a retificar o erro e partiu para dois dias de apresentações lotadas no Cineteatro Capitólio, em Lisboa.

Veja a íntegra da nota da equipe da cantora:

“A assessoria jurídica da artista Luisa Sonza, por seu advogado José Estevam Macedo Lima, vem informar que foi necessária a propositura de Mandado de Segurança, visando à proteção do seu direito líquido e certo de obter, através do sistema do Conecte Sus, o certificado internacional de vacinação. O mencionado programa estava declarando a Artista como morta e, após diversas tentativas administrativas, não fora solucionada a falha no sistema. A Juíza da Vara Federal do plantão judiciário entendeu que a Artista possuía o direito de obter a certificação imediatamente e deferiu a liminar diante da urgência para cumprimento da agenda e frente aos custos empreendidos para isso. Após a decisão liminar, o Ministério da Saúde prontamente retificou o erro, dando todo o suporte necessário para Artista.”

 

Continua após a publicidade


Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo da VEJA! Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.

a partir de R$ 39,90/mês

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Edições da Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 19,90/mês