Clique e Assine VEJA por R$ 9,90/mês
Imagem Blog

Radar

Por Gustavo Maia (interino) Materia seguir SEGUIR Seguindo Materia SEGUINDO
Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Nicholas Shores e Ramiro Brites. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.
Continua após publicidade

Flávio Bolsonaro aciona Justiça contra Lula e número 2 da Abin

Senador diz que petista não observou o princípio da impessoalidade ao nomear Marco Cepik

Por Ramiro Brites Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO Atualizado em 9 Maio 2024, 11h11 - Publicado em 21 mar 2024, 07h30

Acusado de ser beneficiado pela “Abin paralela”, Flávio Bolsonaro foi à Justiça contra Lula e o atual diretor-adjunto da agência de inteligência. O senador alega que o presidente não observou o princípio da impessoalidade ao nomear para o cargo Marco Cepik, doador em campanhas do PT. O caso será julgado na 16ª Vara Federal Cível do Distrito Federal.

Nas eleições de 2022, Cepik doou 250 reais para o candidato petista ao governo do Rio Grande do Sul, Edegar Pretto. As campanhas das deputadas estadual Laura Sito e federal Luiza Dulci, ambas do PT, receberam 500 reais cada do diretor-adjunto da Abin.

A denúncia também informa, com base em dados do Tribunal Superior Eleitoral, que Cepik doou para candidatos do PT e do PCdoB nos pleitos de 2018 e 2020.

“Assim, é possível inferir o seu notório alinhamento político e ideológico, o que sugere comprometimento indevido com candidatos e sectários políticos”, diz a ação do senador.

“Mais grave, se consideramos que existe a possibilidade real de que aconteça o dispensável aparelhamento da estrutura da Administração Pública – que não é de governo, mas de Estado”, argumenta Flávio Bolsonaro.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 9,90/mês*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 49,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$118,80, equivalente a 9,90/mês.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.