Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Fã de Edir Macedo, quem é o bispo que deixou José Dirceu no prejuízo

Inquilino do petista exalta iniciativa do chefe da Igreja Universal de 'resolver problemas judiciais com a fé, queimando os processos' no Monte Sinai

Por Robson Bonin Atualizado em 11 jan 2022, 09h39 - Publicado em 10 jan 2022, 15h08

Na edição de VEJA que está nas bancas, o Radar mostra que o mensaleiro José Dirceu tomou um prejuízo ao locar um imóvel em São Paulo. O homem que usava a casa do petista sumiu sem pagar despesas do lugar e ainda deixou registrado no endereço um templo, a Igreja Inovação da Doutrina Por Tadachi.

Dirceu entrou na Justiça com uma ação de despejo contra o inquilino. Nas redes, ele se apresenta como Bispo Marcelo Tadachi, é fã de Edir Macedo, e discorre em vídeos sobre “o poder sobrenatural da fé”, veja só, para escapar de processos.

O Radar entrou em contato com Tadachi, mas ele não quis comentar sobre a disputa judicial com o mensaleiro. “Não tenho nada a declarar sobre isso”, disse.

“Quero conversar com vocês sobre o poder sobrenatural da fé. A pessoa que melhor dissertou sobre o tema foi o bispo Edir Macedo. Quando você assiste aquele filme dele, que ele pega todos aqueles processos que ele tem, que estão criando um caos na vida dele, e na vida da igreja, ele pega aqueles processos e leva ao Monte Sinai. Lá, ele queima os processos. Aquilo, sim, é um grande exemplo do poder sobrenatural da fé”, diz Tadachi.

O bispo, processado por Dirceu, fala em Macedo para revelar sua admiração pela forma encontrada pelo chefe da Universal para resolver problemas na Justiça com a fé.

“A forma dessa atribulação acabar, desses demônios que estão aqui corroendo, é eu pegar isso e acreditar com a minha fé e levar no Monte Sinais e lá, sim, resolver todos os problemas judiciais com a fé, queimando os processos. Ele se dá diante de Deus e aquele bando de processos vai embora. Para mim, é o melhor exemplo de falar do poder sobrenatural da fé”, diz.

Pelo visto, Dirceu precisará ter santo forte para recuperar o prejuízo.

 

Continua após a publicidade

Publicidade