Clique e Assine VEJA por R$ 9,90/mês
Imagem Blog

Radar

Por Gustavo Maia (interino) Materia seguir SEGUIR Seguindo Materia SEGUINDO
Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Nicholas Shores e Ramiro Brites. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.
Continua após publicidade

#ELEIÇÕES 2010#Alckmin: candidatura “na ponta dos dedos”

Apesar da empolgação geral entre os aliados, Geraldo Alckmin não quer alarido com os resultados da última pesquisa Datafolha divulgada ontem. Sabedor da dificuldade que enfrenta dentro do diretório paulista do partido, o ex-governador conta com a supremacia dos números para tornar-se uma escolha natural. Por isso tem pedido a aliados que não abram campanha. […]

Por Da Redação Atualizado em 31 jul 2020, 17h32 - Publicado em 2 jun 2009, 07h44
Apesar da empolgação geral entre os aliados, Geraldo Alckmin não quer alarido com os resultados da última pesquisa Datafolha divulgada ontem. Sabedor da dificuldade que enfrenta dentro do diretório paulista do partido, o ex-governador conta com a supremacia dos números para tornar-se uma escolha natural. Por isso tem pedido a aliados que não abram campanha.
 
“O processo terá de ser comandado pelo Serra para dar peso e unidade à decisão. Estamos conduzindo nas pontas dos dedos, com extremos cuidado para não errar”, explicou um alckmista de primeira hora.
 
Os números são muito favoráveis a Alckmin tanto na disputa contra o PT quanto se forem comparados com os obtidos por Aloysio Nunes Ferreira, o outro pré-candidato tucano, que tem maior controle do partido. 
 
Na disputa contra Marta Suplicy, Alckmin teve 47% das intenções de voto contra 15% da ex-prefeita. Já contra Antonio Palocci, o tucano obteve 49% e o ex-ministro apenas 3%. Aloysio, por sua vez, ficou com apenas 2% das intenções em todas as sondagens.
 
Com esse quadro, Alckmin tem se dado ao luxo de ignorar os adversários externos. A preocupação está centrada no ninho tucano.

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 9,90/mês*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 49,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$118,80, equivalente a 9,90/mês.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.