Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Efeito Joaquim Barbosa

Os números de habeas corpus apresentados ao STF mostram que os advogados não estão muito animados em tentar a sorte para barrar processos ou libertar seus clientes durante o plantão de Joaquim Barbosa. Nos primeiros dias de recesso do Judiciário no final de 2011, quando o plantão era do então presidente Cezar Peluso, 193 habeas […]

Por Da Redação Atualizado em 31 jul 2020, 07h07 - Publicado em 4 jan 2013, 11h11

Plantão no STF

Os números de habeas corpus apresentados ao STF mostram que os advogados não estão muito animados em tentar a sorte para barrar processos ou libertar seus clientes durante o plantão de Joaquim Barbosa.

Nos primeiros dias de recesso do Judiciário no final de 2011, quando o plantão era do então presidente Cezar Peluso, 193 habeas corpus foram protocolados na Corte. Outros 294, devido à urgência, foram deslocados de gabinetes dos demais ministros para Peluso.

Nos primeiros dias do plantão atual, que teve início em 20 de dezembro, a coisa ficou praticamente pela metade.

Até o fim da semana foram protocolados 108 habeas corpus no STF e outros 144 foram deslocados por urgência para a presidência.

Continua após a publicidade

Publicidade