Assine VEJA por R$2,00/semana
Imagem Blog

Radar Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO

Por Robson Bonin
Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Nicholas Shores e Ramiro Brites. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.
Continua após publicidade

Denunciado na Lava-Jato ainda não apareceu na Câmara em 2017

Mas continua consumindo dinheiro público

Por Gabriel Mascarenhas
Atualizado em 19 abr 2017, 09h16 - Publicado em 19 abr 2017, 07h20

Dono de uma atuação parlamentar irrelevante, o deputado gaúcho José Otávio Germano, do PP, ganhou alguma notoriedade após a eclosão da Lava-Jato.

Ontem, a PGR o denunciou pelo crime de corrupção passiva qualificada, resultado de um agrado de 200 000 reais em dinheiro vivo para o ex-diretor da Petrobras Paulo Roberto Costa.

Mas, ao contrário de sua ficha corrida, o currículo da excelência continua inalterado. Em 2017, por exemplo, ele ainda nem botou os pés na Câmara.

Em fevereiro, internou-se num hospital. Sob argumento de que precisava tratar uma crise renal, o deputado apresentou um atestado médico, que garantiu-lhe continuar recebendo salário, sem trabalhar, até a primeira semana deste mês.

Continua após a publicidade

De 6 de abril em diante, nem isso. Germano faltou a todas as sessões e sequer se deu ao trabalho de justificar as ausências.

Ainda assim, seu gabinete vem gastando que é uma beleza. Foram 66 000 reais consumidos da cota parlamentar entre fevereiro e abril. Dinheiro público, vale lembrar.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

O Brasil está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por VEJA.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou

Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.