Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

CPI apura possível fuga de investigado que iria depor na próxima semana

Integrantes da comissão acreditam que o ex-secretário da Saúde do DF fugiu para não ser intimado enquanto aguarda uma decisão judicial para não depor

Por Robson Bonin Atualizado em 13 ago 2021, 19h11 - Publicado em 13 ago 2021, 19h10

Senadores que integram a CPI da Pandemia foram informados nesta sexta por auxiliares do Senado que um dos depoentes da próxima semana teria se escondido para não depor. Trata-se do ex-secretário de Saúde do Distrito Federal Francisco Araújo.

“A polícia do Senado foi até a residência do Francisco ontem. Antes, a secretaria da comissão ligou e ele disse que estava viajando. Mesmo assim foram la na casa dele. Logo depois de a terceirizada que iria entregar o oficio sair, informaram à policia que ele saiu com malas acompanhado de um outro homem e não voltou mais. Segundo ele alega, esta em uma viagem a Manaus”, disse um servidor aos senadores.

Os integrantes da CPI acreditam que o ex-secretário do governo Ibaneis Rocha tenha despistado os agentes do Senado para ganhar tempo enquanto tenta obter uma decisão judicial que garanta sua ausência na comissão.

Araújo está na mira da CPI por ser um dos interlocutores de Francisco Maximiano, da Precisa. Ele chegou a ser alvo de uma operação por corrupção em contratos da Saúde durante a pandemia.

Os agentes do Senado estão atrás do ex-secretário. A sexta vai longe.

Continua após a publicidade

Publicidade