Clique e Assine VEJA por R$ 9,90/mês
Imagem Blog

Radar

Por Gustavo Maia (interino) Materia seguir SEGUIR Seguindo Materia SEGUINDO
Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Nicholas Shores e Ramiro Brites. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.
Continua após publicidade

Como ministro, Blairo Maggi não tem do que reclamar

Desde que entrou na Esplanda, o ministro coleciona bons negócios

Por Da Redação Atualizado em 12 jan 2018, 09h42 - Publicado em 12 jan 2018, 09h41

O ministro da Agricultura Blairo Maggi não tem do que reclamar do período em que esteve na Esplanada — ele sairá em abril. Como parte da equipe de Michel Temer, o político, que já era bem de vida, enriqueceu.

Considerando o período em que ele passou a fazer parte do alto escalão do governo, Maggi ganhou autorização do Banco Central para abrir seu banco, a Amaggi S.A. Crédito, Financiamento e Investimento, em Cuiabá (MT).

Além disso, a empresa de sua família, de mesmo nome que a instituição financeira, subvencionou o transporte de milho, adquirindo aproximadamente 70% do subsídio leiloado pelo Prêmio de Escoamento do Produto (PEP). São cerca de 730 mil toneladas. 

Como se não bastasse, o ministro acabou de comprar uma fazenda no Mato Grosso avaliada em 2,2 bilhões de reais. A propriedade pertencia ao empresário Olacyr de Moraes, conhecido como Rei da Soja.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 9,90/mês*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 49,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$118,80, equivalente a 9,90/mês.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.