Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Comissão do Senado aprova audiência para discutir crise na Capes

Mais de 100 pesquisadores da fundação já anunciaram a renúncia às suas funções nas últimas semanas

Por Gustavo Maia Atualizado em 10 dez 2021, 12h35 - Publicado em 9 dez 2021, 14h25

A Comissão de Educação do Senado aprovou na manhã desta quinta-feira a realização de uma audiência pública para discutir a crise envolvendo a debandada de pesquisadores da Capes, a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal do Ensino Superior, vinculada ao Ministério da Educação.

Até agora, mais de 100 colaboradores da fundação anunciaram renúncia coletiva de suas funções, alegando que não têm conseguido trabalhar de acordo com os melhores padrões acadêmicos. O requerimento foi apresentado pelo senador Jean Paul Prates (PT-RN), líder da minoria na Casa.

“Trata-se de uma denúncia muito grave que deve ser devidamente apurada pelas autoridades competentes. À Comissão de Educação, Cultura e Esporte do Senado Federal cabe debater a situação da gestão da CAPES e propor os encaminhamentos possíveis”, justifica o senador.

O requerimento convida para o debate um representante do Ministério da Educação; a presidente da Capes, Cláudia Mansani Queda de Toledo; o presidente da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência e ex-ministro da Educação, Renato Janine Ribeiro; o diretor do Sindicato Nacional de Gestores em Ciência e Tecnologia, Renato Carvalheira; e a presidente da Associação Nacional de Pós Graduandos, Flávia Calé da Silva.

Continua após a publicidade

Publicidade