Veja Digital - Plano para Democracia: R$ 1,00/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Comissão de Anistia cede e caso de Dilma só será julgado em 2021

Defesa da ex-presidente pediu fim da vigência do estado de calamidade decretado por Bolsonaro, que vai até 31 de dezembro

Por Evandro Éboli Atualizado em 22 set 2020, 09h15 - Publicado em 22 set 2020, 08h21

A Comissão de Anistia atendeu a um pedido da defesa de Dilma Rousseff e adiou o julgamento do processo da ex-presidente no colegiado.

Perseguida, presa e torturada durante a ditadura militar, Dilma requer a condição de anistiada política e também seus efeitos previdenciários e reparação econômica.

O pedido de adiamento foi feito pela advogada Paula Febrot, que defende a petista na comissão.

Por ter 80 anos e ser do grupo de risco, ela solicitou à comissão o adiamento. Quer fazer a defesa de sua cliente presencialmente. Pediu que seja respeitado o decreto do presidente Jair Bolsonaro de que as medidas contra a Covid-19 sigam até 31 de dezembro, considerando o estado de calamidade.

Ao Radar, o Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos informou que o “processo foi retirado de pauta por solicitação da advogada constituída nos autos”.

A comissão divulgou ontem a pauta da próxima sessão, que ocorre dia 29, e já não consta o nome da ex-presidente.

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Plano para Democracia

- R$ 1 por mês.

- Acesso ao conteúdo digital completo até o fim das eleições.

- Conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e acesso à edição digital da revista no app.

- Válido até 31/10/2022, sem renovação.

3 meses por R$ 3,00
( Pagamento Único )

Digital Completo



Acesso digital ilimitado aos conteúdos dos sites e apps da Veja e de todas publicações Abril: Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Placar, Superinteressante,
Quatro Rodas, Você SA e Você RH.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)