Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

China adota visto biométrico para brasileiros

O país vai coletar todas as impressões digitais dos brasileiros que solicitam autorização de entrada no território chinês

Por Robson Bonin Atualizado em 7 jan 2022, 15h11 - Publicado em 7 jan 2022, 17h30

Entrou em vigor em dezembro uma nova norma para vistos de entrada na China. A embaixada chinesa no Brasil passou a coletar todas as impressões digitais dos brasileiros que solicitam autorização de entrada no território chinês.

A regra vale para a Embaixada da China no Brasil, em Brasília, e para os Consulados Gerais em São Paulo e no Rio de Janeiro.

Estão isentos da nova regra os menores de 14 anos ou maiores de 70 anos e portadores de passaportes diplomáticos ou aptos para solicitar vistos diplomáticos, oficiais ou de cortesia (conforme acordos bilaterais recíprocos).

Requerentes que solicitaram visto chinês com o mesmo passaporte e tiveram impressões digitais coletadas e visto aprovados dentro de 5 anos, desde que consigam apresentar seu visto biométrico emitido no mesmo passaporte, também não precisarão se adequar.

Continua após a publicidade

Publicidade