Assine VEJA por R$2,00/semana
Imagem Blog

Radar Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO

Por Robson Bonin
Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Nicholas Shores e Ramiro Brites. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.
Continua após publicidade

Chefe da diplomacia brasileira diz que embaixador chinês ofendeu Bolsonaro

Ernesto Araújo quer retratação pública da China por postagens feitas por Yang Wanming

Por Mariana Muniz Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
Atualizado em 19 mar 2020, 15h17 - Publicado em 19 mar 2020, 15h13

O ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, se posicionou sobre o imbróglio instalado entre Brasil e China desde a noite desta quarta-feira afirmando que o embaixador chinês agiu de maneira desproporcional e ofensiva a Jair Bolsonaro.

No texto, contudo, o chanceler brasileiro afirma que vai buscar chegar a um “reentendimento pacífico entre as duas nações”.

Segundo o chefe da diplomacia brasileira, as posições extremadas por Eduardo Bolsonaro, filho do presidente e deputado federal, sobre a culpa do Partido Comunista Chinês na crise do Coronavírus, não refletem o posicionamento oficial do Brasil.

Ainda de acordo com Araújo, é inaceitável que o embaixador da China no Brasil “endosse postagem ofensiva ao Chefe de estado do Brasil e a seus eleitores”.

O chanceler disse já ter comunicado à Embaixada sua insatisfação e exigiu, ainda, uma retratação pública.

Continua após a publicidade

https://platform.twitter.com/widgets.js

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

O Brasil está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por VEJA.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.