Clique e Assine VEJA por R$ 9,90/mês
Imagem Blog

Radar

Por Gustavo Maia (interino) Materia seguir SEGUIR Seguindo Materia SEGUINDO
Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Nicholas Shores e Ramiro Brites. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.
Continua após publicidade

Brasília, Rio e SP terão atos contra PL que equipara aborto a homicídio

Ativistas convocaram manifestações para as 18h desta quinta-feira, no Museu da República, Cinelândia e MASP, respectivamente

Por Gustavo Maia Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO 13 jun 2024, 14h05

Um dia depois de o plenário da Câmara dos Deputados aprovar o regime de urgência para a tramitação do projeto de lei que propõe equiparar o aborto ao crime de homicídio, ativistas convocaram manifestações contra o PL 1904/2024 em pelo menos três cidades brasileiras: Brasília, Rio de Janeiro e São Paulo.

Os atos foram marcados para as 18h desta quinta-feira, no Museu da República, Cinelândia e MASP, respectivamente, em oposição ao que opositores chamam de PL do estupro ou da gravidez infantil.

Com a votação desta quarta, que foi realizada de maneira simbólica — sem o registro dos votos de cada um dos deputados —, o texto vai direto à votação no plenário, sem passar por análise de comissões temáticas. Ainda não há data marcada para análise da proposta. 

O projeto de lei foi apresentado por deputados da bancada evangélica e propõe pena de seis a 20 anos, equivalente ao crime de homicídio, para quem realizar o aborto a partir de 22 semanas de gestação, mesmo nas situações autorizadas por lei.

Hoje o aborto é permitido em caso de estupro, risco de vida da mulher ou anencefalia fetal. O Código Penal, no entanto, não estabelece prazo gestacional para o aborto legal. Fora os três casos previstos na legislação, a punição varia de um a três anos, quando a interrupção da gravidez é provocada pela gestante, e de três a dez anos, quando ocorre sem seu consentimento ou é provocada por terceiros.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 9,90/mês*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 49,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$118,80, equivalente a 9,90/mês.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.