Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Brasil Paralelo fatura quase R$ 2 milhões em Black Friday antecipada

Receita com assinaturas em apenas 24 horas foi maior do que todo o período de promoções de novembro de 2020, diz empresa

Por Laísa Dall'Agnol Atualizado em 23 nov 2021, 13h43 - Publicado em 23 nov 2021, 13h35

Em Black Friday ‘antecipada’, a Brasil Paralelo registrou 1,9 milhão de reais em vendas na última segunda-feira — o faturamento em apenas 24 horas, diz a empresa, foi maior do que todo o período de promoções de novembro do ano passado.

A produtora, que defende “a verdade contra a ideologia”, é responsável por conteúdos como documentários, filmes, séries e cursos e optou pela estratégia de oferecer uma semana de ofertas com descontos regressivos — quanto antes assinar, maior o desconto.

Em agosto, a Brasil Paralelo entrou na mira da CPI da Covid — os senadores aprovaram a quebra de sigilos do grupo com o objetivo de apurar informações sobre o financiamento e a propagação de fake news sobre a pandemia.

A decisão, no entanto, foi revertida em setembro por Gilmar Mendes. O ministro do STF suspendeu os sigilos telemático e telefônico e restringiu os sigilos bancários e fiscal da produtora.

Continua após a publicidade

Publicidade