Veja Digital - Plano para Democracia: R$ 1,00/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Barbalho e Kátia devem ficar no governo, e outros peemedebistas negociam

Os ministros Helder Barbalho (Portos) e Kátia Abreu (Agricultura) devem ficar no governo. Eduardo Braga (Minas e Energia) e Celso Pansera (Ciência, Tecnologia e Inovação) ficam se o deputado Leonardo Picciani, líder do PMDB na Câmara, garantir a maioria dos votos na bancada contra o impeachment de Dilma Rousseff. Eleito líder com apoio do governo, […]

Por Da Redação Atualizado em 30 jul 2020, 23h08 - Publicado em 31 mar 2016, 11h24
alx_brasil-politica-senadora-katia-abreu-20141125-65-2_original

Kátia Abreu: deve ficar

Os ministros Helder Barbalho (Portos) e Kátia Abreu (Agricultura) devem ficar no governo.

Eduardo Braga (Minas e Energia) e Celso Pansera (Ciência, Tecnologia e Inovação) ficam se o deputado Leonardo Picciani, líder do PMDB na Câmara, garantir a maioria dos votos na bancada contra o impeachment de Dilma Rousseff.

Eleito líder com apoio do governo, Picciani está agora pressionado entre manter o apoio a Dilma e seguir o diretório do Rio, que debandou. Seu pai, Jorge Picciani, compareceu à reunião que definiu o desembarque do governo.

Já Mauro Lopes (Aviação) não deve ficar pois não deu garantia ao governo de que consegue fechar apoios na bancada de Minas do PMDB contra o impeachment.

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Plano para Democracia

- R$ 1 por mês.

- Acesso ao conteúdo digital completo até o fim das eleições.

- Conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e acesso à edição digital da revista no app.

- Válido até 31/10/2022, sem renovação.

3 meses por R$ 3,00
( Pagamento Único )

Digital Completo



Acesso digital ilimitado aos conteúdos dos sites e apps da Veja e de todas publicações Abril: Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Placar, Superinteressante,
Quatro Rodas, Você SA e Você RH.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)