Assine VEJA por R$2,00/semana
Imagem Blog

Radar Materia seguir SEGUIR Seguindo Materia SEGUINDO

Por Robson Bonin
Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Nicholas Shores e Ramiro Brites. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.
Continua após publicidade

Associação moverá ação nos EUA contra ‘máfia das próteses’

A Associação Brasileira de Medicina de Grupo (Abramge) conclui, juntamente com advogados norte-americanos, uma ação judicial contra multinacionais de produtos médicos acusando-as de pagar comissão a médicos brasileiros. O caso é um desdobramento das investigações da chamada “máfia das próteses”, como ficou conhecido o esquema no qual médicos submetem pacientes a cirurgias de próteses sem necessidade em troca de […]

Por Da Redação Atualizado em 30 jul 2020, 23h43 - Publicado em 15 jan 2016, 08h03
Policiais em busca contra máfia das próteses no Rio Grande do Sul

Policiais em busca contra máfia das próteses no Rio Grande do Sul

A Associação Brasileira de Medicina de Grupo (Abramge) conclui, juntamente com advogados norte-americanos, uma ação judicial contra multinacionais de produtos médicos acusando-as de pagar comissão a médicos brasileiros.

O caso é um desdobramento das investigações da chamada “máfia das próteses”, como ficou conhecido o esquema no qual médicos submetem pacientes a cirurgias de próteses sem necessidade em troca de comissões sobre os produtos indicados.

No Brasil, o caso já está sob investigação da Justiça e foi objeto de uma CPI depois de reportagem do “Fantástico” mostrando o esquema em vários estados.

Estima-se que o esquema seja responsável por um prejuízo de 6 bilhões de reais ao ano aos planos de saúde.

Continua após a publicidade

A Abramge reivindica uma indenização e um pesado acordo de compliance. “Se os Estados Unidos querem fazer corrupção, que façam no quintal deles”, disse Pedro Ramos, diretor da associação, ao Radar.

A ação, que deverá ser impetrada em seis semanas, será nos EUA porque o país concentra 60% dos produtos médicos que são enviados ao Brasil, mas também haverá ofensiva jurídica aqui e na Europa.

Recentemente, o Ministério Público Federal denunciou dez envolvidos no esquema, entre médicos e empresários. A estimativa é que cerca de 5 milhões de reais tenham sido desviados pelo grupo.

 

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.