Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Após pressão de Bolsonaro, PF retoma curso presencial com 500 concursados

Curso de formação de agentes, delegados, papiloscopistas e escrivães acontecerá a partir de agosto, com duração de quatro meses

Por Evandro Éboli Atualizado em 18 jun 2020, 10h32 - Publicado em 18 jun 2020, 11h27

Suspenso em março por conta da epidemia da Covid-19, o curso de formação de delegados, agentes, escrivães e papiloscopistas da Polícia Federal será retomado, no início de agosto.

Serão pelo menos 500 concursados confinados por quatro meses na Academia Nacional de Polícia, em Brasília.  no Distrito Federal.

Quando começou a pandemia, a publicação no Diário Oficial informava que a suspensão permaneceria enquanto perdurasse o estado de emergência de saúde pública.

ASSINE VEJA

Os desafios dos estados que começam a flexibilizar a quarentena O início da reabertura em grandes cidades brasileiras, os embates dentro do Centrão e a corrida pela vacina contra o coronavírus. Leia nesta edição.
Clique e Assine

Em 19 de maio, após a troca no comando da Polícia Federal, já com Rolando Alexandre na direção-geral, Bolsonaro disse, naquelas suas resenhas e entrevistas na saída do Palácio do Alvorada, que pediu a volta do curso ao dirigente da instituição.

“Eu conversei com o diretor-geral da Polícia Federal, Rolando Alexandre, na semana passada, que me falou que o concurso estava suspenso, com 500 pessoas prontas para serem matriculadas e começarem a faze a Academia da PF. E pedi para ele agilizar e abrir a Academia da Polícia Federal, pois, em poucos meses, esses jovens estarão na rua para nos ajudar”, disse Bolsonaro à época.

Continua após a publicidade

Pois bem. Na semana passada, a direção da academia decidiu, em despacho, pela realização do curso, que será presencial.

Com professores e mais pessoal de apoio, de todo o país, entre outros servidores, a estimativa é que serão mobilizadas cerca de 800 pessoas, incluídos nessa conta os 500 concursados.

O planejamento das aulas já está em curso. A academia tem alojamentos e serve café, almoço e jantar para essa turma toda.

A retomada do curso tem preocupado integrantes da PF. Afinal, são 500 pessoas que vêm de todos os cantos do país. Mesmo que sejam submetidos a exames para detecção do coronavírus, tem ainda professores, seguranças e pessoal da limpeza que vão entrar e sair da academia todos os dias.

O pessoal do curso pode sair nos finais de semana.

 

 

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo de VEJA. Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app (celular/tablet).

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.



a partir de R$ 39,90/mês

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet. Edições de Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)