Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

AGU defende direito de hospitais militares de barrarem civis em UTIs

Em resposta ao TCU, órgão afirmou que exclusividade militar em unidades de saúde das tropas é protegida por lei

Por Manoel Schlindwein Atualizado em 29 mar 2021, 21h27 - Publicado em 30 mar 2021, 06h02

Em um despacho de 12 páginas datado de 22 de março, a AGU defendeu junto ao TCU o direito dos hospitais militares de não receberem civis vítimas da Covid-19 em sua estrutura.

O serviço constituiria, na visão da AGU, um sistema próprio de saúde destinado aos militares e suas famílias e, portanto, não poderia ser compartilhado com “civis” sob pena de “desvio de finalidade” e “violação da legislação” militar.

Na semana passada, quando o país somou 18.164 óbitos por Covid-19, eram 6.370 brasileiros a espera de um leito de UTI, conforme dados do Conass. Nesta segunda-feira, o Brasil registrou 1.969 mortes, totalizando 314.268 óbitos.

Segundo a AGU, “longe de ser um privilégio infundado, a assistência médico-hospitalar – especial e diferente do SUS – é um direito dos militares calcado justamente nas peculiaridades das atividades”. A AGU diz ainda que não compete ao Tribunal de Contas requisitar ou definir o uso dos leitos dos hospitais militares.

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo de VEJA. Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app (celular/tablet).

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.



a partir de R$ 39,90/mês

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet. Edições de Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)