Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

A estratégia de Palocci

Antonio Palocci já decidiu: não abrirá nem morto os nomes das empresas que o contrataram para ser consultor entre 2006 e 2010. Nem o nome das empresas, nem o tipo de consultoria prestada. Palocci decidiu atuar como certos boxeadores em momentos decisivos das lutas: vai agora para as cordas, protege o rosto e vai apanhar […]

Por Da Redação Atualizado em 31 jul 2020, 11h59 - Publicado em 16 Maio 2011, 16h32

Antonio Palocci já decidiu: não abrirá nem morto os nomes das empresas que o contrataram para ser consultor entre 2006 e 2010. Nem o nome das empresas, nem o tipo de consultoria prestada. Palocci decidiu atuar como certos boxeadores em momentos decisivos das lutas: vai agora para as cordas, protege o rosto e vai apanhar calado, esperando o adversário cansar. Quem será que vai se cansar primeiro?

Publicidade