Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

A dura tarefa dos ajudantes de Dilma

Com Anderson Dornelles afastado para se casar, a função de carregar bolsas e celulares de Dilma Rousseff terá de ser desempenhada por um dos seis militares que estão à disposição da presidente para ajudá-la. Além de uma maior carga de trabalho, os militares estão preocupados com o ânimo da chefe, que não costuma poupar palavras […]

Por Da Redação Atualizado em 30 jul 2020, 23h41 - Publicado em 21 jan 2016, 12h04
Alô, é a Dilma

Alô, é a Dilma

Com Anderson Dornelles afastado para se casar, a função de carregar bolsas e celulares de Dilma Rousseff terá de ser desempenhada por um dos seis militares que estão à disposição da presidente para ajudá-la.

Além de uma maior carga de trabalho, os militares estão preocupados com o ânimo da chefe, que não costuma poupar palavras nas broncas que dá em quem a acompanha.

Recentemente, uma das militares que faz parte do seleto estafe agradeceu pela oportunidade de trabalhar com Dilma… mas  preferiu voltar para a Aeronáutica.

Continua após a publicidade

Publicidade