Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

A bola de cristal de Carla Zambelli não funcionou nesta semana

Ações em diferentes instâncias contra o bolsonarismo não foram antecipadas pela deputada, ironizam aliados de governadores

Por Robson Bonin 18 jun 2020, 18h57

Alguns aliados de governadores repararam. Sempre tão falante nas redes sociais, Carla Zambeli (PSL-SP) — chamada por João Doria de “mãe Dináh” ao antecipar ações contra governadores — não fez previsões nesta semana.

Não previu a prisão de Sara Winter, não antecipou as quebras de sigilo bancário — que incluíram a própria — ordenadas pelo STF contra parlamentares bolsonaristas nem a prisão, nesta quinta, de Fabrício Queiroz.

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo de VEJA. Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app (celular/tablet).

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.



a partir de R$ 39,90/mês

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet. Edições de Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)