Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês
Radar Econômico Por Victor Irajá (interino) Análises e bastidores exclusivos sobre o mundo dos negócios e das finanças. Com Diego Gimenes.

Xerife americano diz que Vale engana investidores. Ações sobem mesmo assim

Denúncia da SEC diz que Vale fez alegações falsas e enganosas sobre a segurança de suas barragens antes de Brumadinho estourar e matar 270 pessoas

Por Josette Goulart Atualizado em 28 abr 2022, 14h00 - Publicado em 28 abr 2022, 13h48

O xerife do mercado de capitais americano, a SEC, acusou a Vale nesta quinta-feira, 28, de fazer alegações falsas e enganosas sobre a segurança de suas barragens antes do rompimento de Brumadinho, que matou 270 pessoas. A denúncia diz mais. Diz que a Vale “manipulou várias auditorias de segurança de barragens, obteve vários certificados de estabilidade fraudulentos e ainda enganou governos locais, comunidades e investidores”. A diretora da Divisão de Execução da Comissão de ESG, Melissa Hodgman, foi ainda mais dura nas palavras, chamando a Vale de malfeitora: “enquanto supostamente ocultava os riscos ambientais e econômicos representados por sua barragem, a Vale enganou os investidores e levantou mais de US$ 1 bilhão em nossos mercados de dívida enquanto seus títulos eram negociados ativamente na NYSE. A apresentação de hoje mostra que protegeremos agressivamente nossos mercados de malfeitores, não importa onde eles estejam no mundo.”

Mas a notícia não abalou os investidores. As ações da Vale chegaram a cair assim que a SEC anunciou oficialmente a denúncia, mas a empresa negou as alegações e ficou tudo bem. Os papéis voltaram a subir e neste momento valorizam mais de 2%, impulsionado pelo anúncio de um programa de recompra de ações e o resultado que foi menor do que no ano passado, mas acima do que era esperado.

A empresa, no entanto, ainda terá um longo caminho sobre o caso Brumadinho na Justiça americana. Em novembro, o Radar Econômico já havia noticiado que um grupo de investidores sul-africanos estava processando a Vale na Justiça de Nova York alegando que a empresa e seus executivos enganaram seus acionistas sobre a segurança de suas barragens.

*Quer receber alerta da publicação das notas do Radar Econômico? Siga-nos pelo Twitter e acione o sininho.

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo de VEJA. Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app (celular/tablet).

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.



a partir de R$ 39,90/mês

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet. Edições de Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)