Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês
Radar Econômico Por Victor Irajá Análises e bastidores exclusivos sobre o mundo dos negócios e das finanças. Com Diego Gimenes e Felipe Erlich

Uber está de cabelo em pé com possibilidade de auxílio para motoristas

Funcionários da empresa procuraram parlamentares para pedir que proposta não seja apreciada na PEC Kamikaze

Por Victor Irajá Atualizado em 5 jul 2022, 17h22 - Publicado em 5 jul 2022, 13h21

Em meio à discussão da Proposta de Emenda Constitucional (PEC) que permite que o governo federal abra um rombo no teto de gastos para viabilizar programas assistenciais, a Uber está de cabelo em pé. Funcionários da empresa procuraram parlamentares para se posicionar contrariamente à possibilidade de inserção dos motoristas do aplicativo no rol de beneficiados pela PEC. A Uber não quer que a pauta vá adiante porque, na leitura de executivos, a discussão sobre o vínculo empregatício dos colaboradores voltaria à tona.

Mesmo entre deputados, a proposta é vista como de difícil apreciação. Isso porque, de acordo com deputados da base aliada, a operacionalização do pagamento dos benefícios para motoristas de aplicativo é de extrema complexidade. Não há um cadastro público para estes trabalhadores e trata-se de um segmento de alta rotatividade. Há também a preocupação de que taxistas ou caminhoneiros que também trabalhem com aplicativos de transporte, o que classificaria como duplo benefício.

A seguir, o posicionamento da Uber: “As informações publicadas na coluna Radar Econômico da Veja não são verdadeiras. Nenhum funcionário da Uber se reuniu com parlamentares para discutir a proposta legislativa mencionada, muito menos os procurou para pedir que a proposta não seja apreciada“. 

O Radar Econômico reitera a veracidade das informações publicadas.

Continua após a publicidade


Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Plano para Democracia

- R$ 1 por mês.

- Acesso ao conteúdo digital completo até o fim das eleições.

- Conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e acesso à edição digital da revista no app.

- Válido até 31/10/2022, sem renovação.

3 meses por R$ 3,00
( Pagamento Único )

Digital Completo



Acesso digital ilimitado aos conteúdos dos sites e apps da Veja e de todas publicações Abril: Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Placar, Superinteressante,
Quatro Rodas, Você SA e Você RH.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)