Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês
Radar Econômico Por Josette Goulart Análises e bastidores exclusivos sobre o mundo dos negócios e das finanças. Com Diego Gimenes.

Stone usa o Porta dos Fundos para cutucar bancões

Fintech lança campanha nas redes sociais

Por Josette Goulart 30 set 2021, 11h12

A guerra dos bancos e fintechs ganhou, claro, o espaço publicitário. Agora é a vez da Stone cutucar os bancões. Em uma esquete do Porta dos Fundos, um funcionário tenta fingir que é um robô para evitar sua demissão, já que agora o banco só vai atender clientes com robôs. O gerente do banco sugere que o funcionário vá buscar um emprego na Stone que atende os clientes com humanos, em 5 segundos. A campanha segue na linha da esquete da Judite, a atendente que ficou conhecida pelo Fábio Porchat há uns dez anos. O presidente da Stone, Augusto Lins, diz que a escolha do humor é para fortalecer a marca como uma empresa jovial, com mais energia e irreverência, o que combina com o empreendedor. A empresa quer mostrar como a burocracia atrapalha os negócios e que mesmo com tecnologia é possível fazer um atendimento personalizado. Com a campanha voltada para o humor, a equipe de publicidade da fintech não esconde o desejo de em algum momento emplacar um bordão  como conseguiram marcas como Ipiranga ou Havaianas.

O foco da Stone está basicamente em conquistar os clientes que são empreendedores de pequenas e médias empresas. Recentemente, a fintech passou por um problema na sua carteira de crédito, que paralisou qualquer nova concessão. Mas Lins garante que os descontos de recebíveis continuam sendo feitos normalmente.

Publicidade