Assine VEJA por R$2,00/semana
Imagem Blog

Radar Econômico Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO

Por Victor Irajá
Análises e bastidores exclusivos sobre o mundo dos negócios e das finanças. Com Diego Gimenes e Felipe Erlich
Continua após publicidade

Quem vai querer trazer dólares para o Brasil?

Reforma do imposto de renda do Paulo Guedes ajudou a fazer o dólar subir na última semana; na manhã desta quinta-feira, 08, já está em 5,30

Por Josette Goulart
Atualizado em 8 jul 2021, 11h59 - Publicado em 8 jul 2021, 11h58

Depois de quase três meses sem trazer os dólares de suas vendas internacionais para o Brasil, os exportadores ingressaram 2,1 bilhões de dólares na última semana de junho.  Isso, tecnicamente, ajuda a explicar o motivo de o dólar ter chegado aos 4,90 reais, na semana passada. O experiente tesoureiro Alfredo Menezes, que hoje está à frente da Armor Capital, diz que havia muita conversa e análises de bancos já trabalhando com um dólar de 4,50 reais. Aí o exportador não quis esperar cair mais e ingressou com os dólares no país. Mas então o ministro Paulo Guedes resolveu apresentar seu plano para a reforma do imposto de renda, que prevê imposto de 20% sobre dividendos e tributação de fundos exclusivos. O cenário político se deteriorou. Em uma semana, o dólar subiu 7,5%. Nesta quinta-feira, 08, às 11h50min operava na faixa dos 5,30 reais. Ou seja, o exportador que trouxe o dólar na semana passada está se roendo, diz Menezes.

Ele explica que a reforma incentivou a alta do dólar porque, se o texto for aprovado como está, existe a expectativa que as empresas intensifiquem a distribuição de dividendos neste ano e isso vai significar uma grande saída de dólares e ele sobe mais ainda. Outro ponto é a tributação de fundos exclusivos. Além disso, o risco político pode incentivar o exportador a manter os dólares lá fora. Outro dado vem da bolsa de valores que nos quatro primeiros dias de julho já viu uma saída de mais de 1 bilhão de reais dos investidores estrangeiros.


Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

O Brasil está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por VEJA.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.