Assine VEJA por R$2,00/semana
Imagem Blog

Radar Econômico

Por Pedro Gil (interino)
Análises e bastidores exclusivos sobre o mundo dos negócios e das finanças. Com Diego Gimenes e Felipe Erlich
Continua após publicidade

Positivo lucra R$ 64 milhões no primeiro trimestre, alta de 655%

Queda dos juros auxiliou as finanças, enquanto seca no Norte atrapalhou

Por Felipe Erlich 14 Maio 2024, 19h19

A Positivo registrou lucro de 64 milhões de reais no primeiro trimestre de 2024. O número é mais de sete vezes superior ao do primeiro trimestre do ano passado, de 8,5 milhões de reais, um aumento de 655%. A receita bruta da companhia de tecnologia ficou em 1,17 bilhões de reais, 38% a mais do que nos primeiros três meses de 2023. Já o Ebitda fechou em 116 milhões de reais, alta de 36% na mesma base temporal. Com a melhora do lucro, a geração de caixa operacional ficou em 83 milhões de reais.

A elevação substancial do lucro líquido, apesar da base de comparação reduzida, se deveu a redução de despesas financeiras, decorrente de uma melhora da dívida, segundo a empresa. Ao Radar Econômico, o presidente da Positivo, Helio Rotenberg, atribuiu a melhora das finanças, também, à queda dos juros. “Tomara que (os juros) continuem caindo. A diminuição do ritmo de queda é uma pena”, diz em referência ao Banco Central ter reduzido o corte da Selic de 0,5 ponto percentual para 0,25 ponto em sua última decisão.

A margem do Ebitda foi de 11,6%, passando por uma leve contração. A empresa atribui a margem atual a um aumento em custos de logística na compra de insumos para produtos fabricados ao final de 2023 e vendidos em 2024. No período, a forte estiagem na região Amazônica do país, com secas de rios, dificultou a operação. A Positivo mantém uma de suas fábricas na Zona Franca de Manaus, Amazonas.

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.