Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês
Radar Econômico Por Josette Goulart Análises e bastidores exclusivos sobre o mundo dos negócios e das finanças. Com Diego Gimenes.

Petrobras dispara e faz bolsa fechar no azul após quatro quedas seguidas

VEJA Mercado: ações ordinárias da estatal subiram 5% depois do petróleo recuperar parte das perdas dos últimos dias

Por Diego Gimenes 11 Maio 2022, 18h59

As ações ordinárias da Petrobras fecharam em forte alta de 5% nesta quarta-feira, 11, e ajudaram o índice Ibovespa a fechar no positivo depois de quatro quedas consecutivas. A alta da bolsa foi de 1,25%, aos 104.396 pontos. Na leitura de alguns analistas, o que aconteceu hoje foi uma correção tanto nas bolsas quanto nas commodities depois das perdas dos últimos dias. “O temor de oferta reduzida de petróleo voltou a ser assunto nos mercados e hoje e fizeram o petróleo corrigir lá fora, fator que fez as empresas brasileiras recuperarem parte dos prejuízos também”, avalia Stefany Oliveira, analista-chefe da Toro Investimentos.

O brent subiu 5%, aos 107 dólares o barril, depois do departamento de energia dos EUA cortar a previsão de crescimento na produção de petróleo americana para 731 milhões de barris por dia — antes, a projeção era de 833 milhões de barris por dia. Além disso, os estoques de gasolina no país caíram 3,5 milhões de barris em uma semana, para o menor patamar no ano. Menos gasolina significa que será preciso mais petróleo, e os preços tendem a subir.

As siderúrgicas e mineradores também subiram hoje depois do minério de ferro se valorizar 4,92% em Qingdao, a 133 dólares a tonelada. Vale e Gerdau fecharam em altas de 4,17% e 3,90%, nessa ordem. Na visão dos analistas, não houve uma grande mudança no atual cenário de commodities, mas sim um respiro no estresse dos últimos dias. O dólar fechou em leve alta de 0,41%, cotado a 5,144 reais. Dentre as maiores baixas do Ibovespa, o setor de saúde, que afundou depois dos resultados da Qualicorp.

Leia mais em: Crise nos planos de saúde: inadimplência e dívida bilionária da Qualicorp

*Quer receber alerta da publicação das notas do Radar Econômico? Siga-nos pelo Twitter e acione o sininho.

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo da VEJA! Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.

a partir de R$ 39,90/mês

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Edições da Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 19,90/mês