Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês
Radar Econômico Por Josette Goulart Análises e bastidores exclusivos sobre o mundo dos negócios e das finanças. Com Diego Gimenes.

OAB faz pressão política para que única mulher candidata ao CNMP desista 

Presidente da Ordem vem adiando escolha dos representantes ao conselho do Ministério Público desde setembro do ano passado

Por Josette Goulart 26 jan 2022, 12h11

O atual presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Felipe Santa Cruz, que viveu embates  com o presidente Jair Bolsonaro logo no começo do mandato e viveu em sua gestão a primeira eleição que deu paridade às mulheres, vai acabar terminando seu mandato com uma mancha no quesito igualdade de gênero. Santa Cruz vem desde setembro adiando a eleição para a escolha dos representantes da OAB no Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP). Uma das fortes candidatas é uma mulher, Sandra Krieger, que já ocupava uma cadeira no conselho e poderá ser a única mulher a ocupar um assento em toda a composição de 14 conselheiros do CNMP, que já está recheada com 11 homens. 

Fontes próximas à Sandra dizem que ela está sofrendo uma forte pressão política para desistir da candidatura e deixar os cargos disponíveis aos acertos feitos para a companha da OAB Nacional. Os adiamentos para a eleição vêm acontecendo desde setembro. O último aconteceu na sexta-feira passada. Sob a desculpa do agravamento da pandemia, a OAB adiou mais uma vez o pleito que aconteceria no dia 28 de janeiro e agora será feito já sob a nova composição da Ordem. Questionada pela coluna, a OAB não explicou porque não escolheu os dois conselheiros que vão fazer parte do CNMP já em dezembro, quando foi feita a escolha, por exemplo, dos indicados ao Conselho Nacional de Justiça. 

Ao Radar Econômico, Sandra disse que não sabe a razão para sucessivos adiamentos, mas que causa estranheza porque nunca isso havia acontecido. “Em especial porque o CNJ e o CNMP eram escolhidos numa única sessão e só o CNMP foi adiado.” Ela garante que vai manter a candidatura para sua recondução e fará campanha entre os novos membros da bancada que elege os representantes. As vagas da OAB ao CNMP estão em aberto desde outubro do ano passado. Durante seu primeiro mandato, Sandra foi uma das responsáveis pela comissão da saúde do conselho que entre outras coisas fez a interlocução do Ministério Público com o Ministério da Saúde por conta da pandemia. 

*Quer receber alerta da publicação das notas do Radar Econômico? Siga-nos pelo Twitter e acione o sininho.

Continua após a publicidade


Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo da VEJA! Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.

a partir de R$ 39,90/mês

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Edições da Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 19,90/mês