Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês
Radar Econômico Por Josette Goulart Análises e bastidores exclusivos sobre o mundo dos negócios e das finanças. Com Diego Gimenes.

O pior janeiro de todos: a apreensão do mercado para a reunião do Fed

VEJA Mercado: relatório do Credit Suisse alerta que entidade pode começar a vender títulos para combater a inflação, e não apenas reduzir ritmo de compra

Por Diego Gimenes Atualizado em 24 jan 2022, 18h33 - Publicado em 24 jan 2022, 17h57

Depois das bolsas americanas fecharem a pior semana desde 2020 — quando a pandemia eclodiu no mundo –, os índices voltaram a cair fortemente nesta segunda-feira, 24. A origem desse pânico pode ter sido explicada pelo Credit Suisse. Em relatório, o banco alerta que o Federal Reserve Bank (Fed) pode não apenas diminuir o ritmo de compra de títulos para combater a inflação como também começar a vendê-los. A instituição praticamente dobrou de tamanho durante a pandemia ao comprar títulos para estimular a atividade econômica e manter a taxa básica de juros zerada, e agora pode começar a se desfazer desse patrimônio de aproximadamente 9 trilhões de dólares (49,5 trilhões de reais) para arrefecer os preços no país. “As vendas diretas de ativos, se a inflação, exuberância ou uma inversão de curva assim exigirem, não são de todo improváveis”, pondera o Credit Suisse. O Nasdaq chegou a cair quase 5% e depois virou e acabou fechando no positivo e o S&P 500 caiu mais de 1% e está tendo seu pior janeiro desde sempre. A próxima reunião do conselho do Fed acontece entre amanha, 25, e quarta-feira, 26.

*Quer receber alerta da publicação das notas do Radar Econômico? Siga-nos pelo Twitter e acione o sininho.


Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo da VEJA! Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.

a partir de R$ 39,90/mês

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Edições da Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 19,90/mês