Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês
Radar Econômico Por Josette Goulart Análises e bastidores exclusivos sobre o mundo dos negócios e das finanças. Com Diego Gimenes.

O dedo de Mourão nas metas apresentadas pelo Brasil na COP26

Presidente do Conselho Amazônia, Mourão foi ouvido para dar a chancela final dos anúncios do governo na Conferência do Clima

Por Victor Irajá Atualizado em 3 nov 2021, 13h52 - Publicado em 3 nov 2021, 15h02

Colocado de lado pelo presidente Jair Bolsonaro, o vice-presidente Hamilton Mourão chancelou o planejamento das apresentações do ministro do Meio Ambiente, Joaquim Leite, na COP26, em Glasgow, na Escócia. Em reuniões com Mourão antes de embarcar, Leite apresentou os planos do país e ouviu do vice-presidente, que acumula o cargo de presidente do Conselho Amazônia, a chancela para as apresentações do país aos estrangeiros em relação às metas de redução do desmatamento no país. Segundo interlocutores, Leite buscou a “credibilidade” de Mourão e a chancela dos números para os assuntos relacionados à Amazônia para apresentar os planos na Conferência do Clima. Ministros afirmam, em conversas privadas, que Bolsonaro foi aconselhado a chancelar Leite no ambiente internacional.

Publicidade