Assine VEJA por R$2,00/semana
Imagem Blog

Radar Econômico Materia seguir SEGUIR Seguindo Materia SEGUINDO

Por Pedro Gil (interino)
Análises e bastidores exclusivos sobre o mundo dos negócios e das finanças. Com Diego Gimenes e Felipe Erlich
Continua após publicidade

Número de brasileiros que obtêm visto para investir nos EUA despenca

Opção de green card para a alta renda é menos criteriosa do que para a média, aponta uma executiva

Por Felipe Erlich Atualizado em 13 Maio 2024, 21h21 - Publicado em 13 Maio 2024, 13h51

Ao longo do ano passado, 157 brasileiros receberam do governo americano um visto concedido a estrangeiros que investem de 800 mil a 1 milhão de dólares em projetos de geração de emprego no país, chamado visto EB-5. O número é 53,2% inferior ao registrado em 2022, quando ocorreram 336 emissões do tipo. O ano em que mais vistos EB-5 foram entregues a investidores brasileiros foi 2018, com 388 pessoas contempladas. Os dados fazem parte de um levantamento da AG Immigration, escritório de advocacia imigratória, elaborado com base em relatórios oficiais do Departamento de Estado americano.

Apesar da queda na obtenção do visto por brasileiros, o país foi o sexto com mais investidores que receberam o benefício em 2023. A principal vantagem do EB-5 é que ele concede o green card – documento de residência permanente nos EUA – ao investidor estrangeiro e seus dependentes legais. “Tem sido uma porta de entrada bem popular entre os brasileiros com alto poder aquisitivo, uma vez que não exige os critérios de elegibilidade mais rigorosos existentes em outras categorias de green card”, diz Leda Oliveira, CEO da AG Immigration, frisando que esse tipo de visto ganhou força a partir de 2016. Antes disso, o Brasil não figurava entre as nações que mais solicitavam o documento.

De acordo com Oliveira, o mais comum é que os brasileiros invistam em projetos imobiliários na Flórida, Nova York, Texas ou Massachusetts. “O valor do aporte é somado a um pool de investidores, para a construção de prédios comerciais, como hotéis e cassinos, e residenciais. Nestes casos, por exemplo, é comum que os investidores recebam dividendos de aluguel, com base na sua participação sobre o capital investido, e também quando essas propriedades são vendidas”, diz.

Em 2023, a China foi o país que mais recebeu o visto EB-5, com 6.262 emissões. Outros quatro países asiáticos, Índia (815), Vietnã (556), Coreia do Sul (446) e Taiwan (261) completam as cinco primeiras colocações da lista. Ao todo, 9.817 vistos foram emitidos no período, para 89 países, com os dez primeiros respondendo por 91% do total. O processo de obtenção dura em média cinco anos, segundo a AG Immigration, mas entre 18 e 24 meses após a transferência do valor do investimento, o imigrante recebe o green card condicional, que depois pode ser convertido em um green card permanente.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.