Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês
Radar Econômico Por Josette Goulart Análises e bastidores exclusivos sobre o mundo dos negócios e das finanças. Com Diego Gimenes.

No sobe e desce da ômicron, tudo indica que a quarta-feira será de alta

VEJA Mercado: bolsas europeias e futuros americanos sobem, mas no Brasil tem atenção especial para inflação e PEC dos precatórios

Por Josette Goulart 1 dez 2021, 08h59

VEJA Mercado | Abertura | 01 de dezembro.

No sobe e desce dos mercados nos últimos dias com a notícia da ômicron, a nova variante do coronavírus, hoje parece ser um dia de alta. As bolsas europeias operam em alta, os futuros americanos já indicam correção das perdas de ontem e as commodities como minério de ferro e petróleo também sobem. Tudo isso favorece um cenário positivo no dia também para os mercados brasileiros. Mas por aqui ainda os investidores estão atentos à PEC dos Precatórios, que passou na Comissão de Constituição e Justiça e ainda tem que passar pelo Plenário. Outro ponto de atenção é a inflação. Logo cedo, a FGV divulgou que o IPC de novembro acelerou ficando em 1,08%, acima da expectativas que estimavam que o índice ficaria em 0,96%.

Também vale destacar que o presidente do Fed, Jerome Powell, estará de novo no Congresso americano. Powell disse ontem que a ômicron poderá afetar estabilidade de preços  e pleno emprego, os dois pontos perseguidos pelo Fed. Nos Estados Unidos, será divulgado ainda o livro Bege, que dá o termômetro da economia americana.

Publicidade