Assine VEJA por R$2,00/semana
Imagem Blog

Radar Econômico Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO

Por Victor Irajá
Análises e bastidores exclusivos sobre o mundo dos negócios e das finanças. Com Diego Gimenes e Felipe Erlich
Continua após publicidade

Marisa vai fechar 30% das lojas físicas; CEO ataca regalias a estrangeiros

VEJA Mercado: varejista de moda viu prejuízo aumentar em 600% no quarto trimestre de 2022; benefícios a empresas como a Shein são citados por CEO

Por Diego Gimenes Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
Atualizado em 3 abr 2023, 19h00 - Publicado em 3 abr 2023, 17h24

A varejista de moda Marisa deve fechar cerca de 30% de suas lojas físicas para se reestruturar financeiramente. A informação foi divulgada pelo CEO da empresa, João Pinheiro Batista, em teleconferência de resultados com analistas de bancos e corretoras. De acordo com o executivo, uma consultoria contratada pela empresa revelou que uma parte considerável das lojas não é sustentável do ponto de vista financeiro. “Chegamos à conclusão que das 334 lojas que temos hoje, 25 não resistem a uma análise de sustentabilidade básica. Das 309 lojas remanescentes, todas com margens positivas, 67 geram Ebitda negativo, mesmo com premissas otimistas. A conclusão é que vamos ter 92 lojas fechadas em um curto espaço de tempo”, anunciou.

A Marisa teve um salto de 670% no prejuízo no quarto trimestre de 2022 e fechou o período com resultado negativo de 188,6 milhões de reais. No ano, o prejuízo acumulado foi de 391 milhões de reais, quatro vezes superior ao registrado em 2021. “Se a gente não fizer nada e virmos o navio tomar seu curso normal, queimaremos neste ano cerca de 600 milhões de caixa. Isso é impensável”, afirmou Batista.

O CEO ainda criticou uma suposta política de benefícios fiscais a varejistas de moda estrangeiras que atuam no Brasil, como a chinesa Shein. Batista alega que essas empresas tiveram benefícios de até 8 bilhões de reais em 2022 frente às companhias brasileiras. “Não se pode dar benefício tributário para importadores, que não geram um trabalho no Brasil. É um absurdo”, disse. As ações da Marisa fecharam o dia em queda de 6%.

Siga o Radar Econômico no Twitter

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

O Brasil está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por VEJA.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou

Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.