Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês
Radar Econômico Por Josette Goulart Análises e bastidores exclusivos sobre o mundo dos negócios e das finanças. Com Diego Gimenes.

Governo quer domar tarifas de energia na marra no ano eleitoral

Executivo tem uma série de medidas em andamento para aplainar preços

Por Josette Goulart Atualizado em 7 dez 2021, 16h15 - Publicado em 7 dez 2021, 10h45

Não é só o preço da gasolina que preocupa Bolsonaro ao entrar no ano eleitoral. As tarifas de energia também estão deixando o Planalto de cabelo em pé. O governo tem várias medidas em andamento. A primeira é a obrigação de as distribuidoras irem atrás de quem pode usar a tarifa social de energia e com isso pagar menos. Seriam 11 milhões de pessoas pagando tarifas subsidiadas. A segundo é financiar o rombo das distribuidoras para que os consumidores não tenham que pagar 20 bilhões de reais em suas contas no próximo ano. E a terceira é antecipar o pagamento de CDE com a privatização da Eletrobras.

Publicidade