Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês
Radar Econômico Por Josette Goulart Análises e bastidores exclusivos sobre o mundo dos negócios e das finanças. Com Diego Gimenes.

Focus volta a projetar Selic mais alta após semana indigesta na bolsa

VEJA Mercado: estimativa de juros mais altos se soma à projeção de PIB menor e acontece enquanto os investidores ainda digerem um difícil início de ano

Por Diego Gimenes Atualizado em 10 jan 2022, 12h53 - Publicado em 10 jan 2022, 09h32

VEJA Mercado | Abertura | 10 de janeiro.

Após observar o Ibovespa cair mais de 2% na primeira semana de 2022, o mercado inicia a segunda-feira reajustando para cima a projeção de Selic em 2022 e, de quebra, para baixo o crescimento do país. O Boletim Focus divulgado pelo Banco Central estima que a taxa básica de juros deve encerrar o ano a 11,75%, ante os 11,50% da semana passada. Já para o PIB, em que era estimado um crescimento de 0,36% no ano há uma semana, agora se projeta um avanço de 0,28%. A piora nas estimativas acontece em um momento de ressaca da bolsa, que ainda digere a ata do Fed, o banco central americano, que deu a entender que os juros devem subir antes do previsto por lá. Juros mais altos diminuem a atratividade das bolsas de valores.

No campo corporativo, a Vale paralisou parcialmente a produção dos Sistemas Sudeste e Sul e a circulação de trens na Estrada de Ferro Vitória a Minas em função das fortes chuvas que caem em Minas Gerais. A Usiminas também foi afetada pelo fenômeno e suspendeu as operações de sua controlada Mineração Usiminas (MUSA). As paralisações acontecem em um dia que o minério de ferro fechou em queda de 2,1% em Dalian, a 109,7 dólares a tonelada. O petróleo brent abre o dia em queda de 0,5%, a 81,3 dólares o barril. Lá fora, os futuros das bolsas americanas negociam em estabilidade e oscilam entre ganhos e perdas com a variante ômicron do coronavírus no radar das gestoras.

*Quer receber alerta da publicação das notas do Radar Econômico? Siga-nos pelo Twitter e acione o sininho.

Continua após a publicidade

Publicidade