Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês
Radar Econômico Por Victor Irajá Análises e bastidores exclusivos sobre o mundo dos negócios e das finanças. Com Diego Gimenes e Felipe Erlich

Falar em desabastecimento de diesel é alarmismo, diz Adriano Pires

Petrobras reduziu preço do combustível em 20 centavos, rememorando temores de escassez no Brasil

Por Felipe Erlich Atualizado em 4 ago 2022, 16h36 - Publicado em 4 ago 2022, 15h04

Apesar de a Petrobras ter alertado para o risco de desabastecimento de diesel no Brasil há cerca de dois meses, a estatal reduziu o preço do combustível em 20 centavos nesta quinta-feira, 4. Custando 5,61 reais o litro, o novo preço, de 5,41 reais, passará a valer a partir de sexta-feira. Em entrevista ao Radar Econômico, Adriano Pires, economista especialista em petróleo que quase presidiu a Petrobras, comentou a decisão da companhia. “Não acho que exista qualquer risco de desabastecimento. É um discurso de alarmistas que tem até um certo cunho eleitoral, a fim de tumultuar ainda mais essa eleição tão polarizada. O risco não existe, o que existe é a volatilidade do preço do diesel”, afirmou.

Além da questão do desabastecimento, Pires conclui que a redução no preço faz sentido no momento atual, considerando a regra de paridade internacional. “O preço do petróleo tem caído no mundo. Nesse momento o diesel está mais caro no Brasil que no mercado internacional. A paridade internacional deve ser seguida tanto para subir quanto para baixar os preços. A Petrobras pensa que tem que esperar o preço estabilizar antes de fazer essas alterações, mas não dá para ficar esperando sentado enquanto o consumidor paga uma conta mais cara”, diz o economista.

*Quer receber alerta da publicação das notas do Radar Econômico? Siga-nos pelo Twitter e acione o sininho.

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Plano para Democracia

- R$ 1 por mês.

- Acesso ao conteúdo digital completo até o fim das eleições.

- Conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e acesso à edição digital da revista no app.

- Válido até 31/10/2022, sem renovação.

3 meses por R$ 3,00
( Pagamento Único )

Digital Completo



Acesso digital ilimitado aos conteúdos dos sites e apps da Veja e de todas publicações Abril: Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Placar, Superinteressante,
Quatro Rodas, Você SA e Você RH.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)