Clique e Assine VEJA por R$ 9,90/mês
Imagem Blog

Radar Econômico

Por Pedro Gil Materia seguir SEGUIR Seguindo Materia SEGUINDO
Análises e bastidores exclusivos sobre o mundo dos negócios e das finanças. Com Diego Gimenes e Felipe Erlich
Continua após publicidade

Laços de Elon Musk com Brasil podem ir além da Amazônia

Mas o que o multibilionário quer com o Brasil, afinal?

Por Felipe Mendes Atualizado em 20 nov 2021, 08h50 - Publicado em 19 nov 2021, 15h12

Antes de tornar-se um dos homens mais ricos do mundo, quando seus negócios inovadores pareciam apenas ideias malucas no papel, o hoje multibilionário de origem sul-africana Elon Musk visitava esporadicamente o Brasil. Foi em terra tupiniquim, por exemplo, que ele, ainda jovem, constituiu a ideia de excursões interestelares para civis. Assim como Henry Ford (1863-1947) um dia tentou encontrar o ‘El Dorado’ em meio à Amazônia, parece que Musk será o próximo a desbravar a região.

Segundo Fábio Faria, ministro das Comunicações, o multibilionário sul-africano vê com bons olhos a oportunidade de explorar aquele terreno, com satélites de baixa altitude e com internet de última geração, que permitirão desenvolver a conectividade nas escolas da região, além de monitorar focos de desmatamento na floresta. Caso realmente saia do papel, Musk, um conhecido filantropo, deve se colocar à frente na corrida pela economia do futuro, onde a proteção às florestas valerá ouro. Mas não só isso. Faria disse que pretende convencer o multibilionário a explorar outras frentes: aportes para a fabricação local de semicondutores, que poderiam ser exportados para vários países, e até uma unidade de produção da montadora Tesla estariam no radar.

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 9,90/mês*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 49,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$118,80, equivalente a 9,90/mês.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.