Veja Digital - Plano para Democracia: R$ 1,00/mês
Radar Econômico Por Victor Irajá Análises e bastidores exclusivos sobre o mundo dos negócios e das finanças. Com Diego Gimenes e Felipe Erlich

Dólar faz ações de frigoríficos dispararem na bolsa

VEJA Mercado: expansão da JBS na Europa e reversão do dólar para alta beneficiam o setor, segundo os analistas

Por Diego Gimenes 14 dez 2021, 16h00

Os frigoríficos ignoram o resto do mercado, que está em um tremendo mal humor, e sobem na seção desta terça-feira, 14. Às 15h45, Marfrig, JBS e BRF subiam 5,1%, 4,6% e 3,7%, respectivamente, enquanto o Ibovespa recuava 0,62%. Os mercados viraram internacionalmente e fizeram o dólar subir, o que beneficiou o setor. “O dólar saiu da mínima de 5,61 reais para praticamente encostar nos 5,70 reais em poucas horas. Não é pouco, e melhora a performance das empresas que exportam grande parte de seus produtos”, avalia Rodrigo Barreto, analista da Necton Investimentos.

O dólar ensaiou uma queda de 1% e chegou aos 5,61 reais, mas reverteu a baixa para uma alta, às 15h45, de 0,34%, a 5,693 reais. “É sempre importante lembrar dos fundamentos dessas empresas. A pandemia fez os lucros aumentarem consideravelmente, e as empresas passaram a distribuir dividendos generosos que agradam bastante o mercado”, pontua Barreto. A JBS, por exemplo, distribuiu 2,37 bilhões de reais em novembro. No ano, as ações da companhia acumulam valorização de 65%, mas fato é que tamanha bonança entrou na mira do presidente americano Joe Biden, que considera os aumentos no preço da carne como “excessivos” e “acima da inflação”. A ver se o chefe da Casa Branca vai travar uma nova guerra com os frigoríficos por causa do preço do carne, assim como o fez com as petrolíferas, por causa do preço da gasolina.

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Plano para Democracia

- R$ 1 por mês.

- Acesso ao conteúdo digital completo até o fim das eleições.

- Conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e acesso à edição digital da revista no app.

- Válido até 31/10/2022, sem renovação.

3 meses por R$ 3,00
( Pagamento Único )

Digital Completo



Acesso digital ilimitado aos conteúdos dos sites e apps da Veja e de todas publicações Abril: Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Placar, Superinteressante,
Quatro Rodas, Você SA e Você RH.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)