Veja Digital - Plano para Democracia: R$ 1,00/mês
Radar Econômico Por Victor Irajá Análises e bastidores exclusivos sobre o mundo dos negócios e das finanças. Com Diego Gimenes e Felipe Erlich

Corretoras suspendem saques de clientes após fortes quedas do bitcoin

Bitcoin perdeu 30% de valor em apenas uma semana

Por Diego Gimenes Atualizado em 20 jun 2022, 09h24 - Publicado em 17 jun 2022, 18h57

A corretora Babel Finance, de Hong Kong, suspendeu novos saques por encontrar dificuldades para pagar o que deve a seus clientes depois das fortes quedas das criptomoedas nas última semanas. O bitcoin, por exemplo, perdeu 30% de valor em apenas uma semana e já acumula baixa de 70% em relação às suas máximas históricas de novembro de 2021. “O mercado de criptomoedas passou por grandes flutuações e algumas instituições do setor experimentaram eventos de risco condutivos. Devido à situação atual, a Babel Finance está enfrentando pressões de liquidez incomuns”, disse a empresa. Não há previsão para normalização do sistema.

A gigante Binance também suspendeu saques e depósitos em reais, mas alega que o problema foi com o Banco Central. “Nosso canal de depósitos e saques de reais via Pix e Ted está com uma instabilidade devido à atualização de políticas instauradas pelo Banco Central do Brasil. Os depósitos e os saques por este meio estão bloqueados, mas não se preocupe ainda pode usar outros métodos para sacar e depositar”, diz a mensagem da corretora, que sugere as operações pelo sistema P2P, que implica na negociação com outra pessoa. Importante ressaltar que a empresa decidiu encerrar uma parceria com a Capitual, fintech que operava os depósitos e saques em reais via Pix dos clientes da empresa, justamente pelas mudanças impostas pelo Banco Central. Nesse caso, o prazo para normalização do sistema é de 72 horas.

Em nota enviada à coluna a Capitual informa que a Binance é que não se adequou às regras do BC. Veja trecho:

“O Capitual informa que os serviços prestados às exchanges internacionais com as quais tem parceria estão funcionando normalmente. Atendendo a uma determinação do Banco Central, o Capitual trabalhou nos últimos 45 dias em uma adequação de sua plataforma tecnológica para reforçar controles e maior segurança nas operações envolvendo criptomoedas.  Essa adequação entrou em vigor no último dia 16/6. 

As exchanges parceiras KuCoin e Huobi adequaram seus sistemas às modificações ocorridas na plataforma do Capitual e os serviços prestados a seus usuários em transações com reais acontecem regularmente. No caso da Binance, o Capitual  aguarda informações sobre essa adequação.”

*Quer receber alerta da publicação das notas do Radar Econômico? Siga-nos pelo Twitter e acione o sininho.

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Plano para Democracia

- R$ 1 por mês.

- Acesso ao conteúdo digital completo até o fim das eleições.

- Conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e acesso à edição digital da revista no app.

- Válido até 31/10/2022, sem renovação.

3 meses por R$ 3,00
( Pagamento Único )

Digital Completo



Acesso digital ilimitado aos conteúdos dos sites e apps da Veja e de todas publicações Abril: Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Placar, Superinteressante,
Quatro Rodas, Você SA e Você RH.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)