Assine VEJA por R$2,00/semana
Imagem Blog

Radar Econômico

Por Pedro Gil (interino)
Análises e bastidores exclusivos sobre o mundo dos negócios e das finanças. Com Diego Gimenes e Felipe Erlich
Continua após publicidade

Como a pizza da Oi foi repartida por Vivo, Claro e TIM

TIM ficará com a maior parte do braço de telefonia móvel da Oi

Por Machado da Costa Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO Atualizado em 14 dez 2020, 19h16 - Publicado em 14 dez 2020, 19h13

Nesta segunda-feira, 14, foi realizado o leilão pela operação de telefonia móvel da Oi. Apenas um grupo de empresas, formado por Vivo, Claro e TIM — as maiores do país —, enviou proposta. Assim, a venda foi fechada pelo preço mínimo: 16,5 bilhões de reais.

Deste montante, a TIM arcará com 7,3 bilhões de reais, correspondentes a pouco mais de 44,2% dos ativos. Já a Vivo, desembolsará 5,5 bilhões de reais, equivalentes a pouco mais de 33,3% da operação. A Claro ficará com a menor parte, pouco menos de 22,5%, e, para isso, vai pagar 3,7 bilhões de reais.

+ Siga o Radar Econômico no Twitter

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.