Veja Digital - Plano para Democracia: R$ 1,00/mês
Radar Econômico Por Victor Irajá Análises e bastidores exclusivos sobre o mundo dos negócios e das finanças. Com Diego Gimenes e Felipe Erlich

CCR diz que vai à Justiça se SP congelar pedágio; veja impacto nas contas

VEJA Mercado: reajuste anual de 11,73% foi suspenso pelo governador Rodrigo Garcia (PSDB-SP)

Por Diego Gimenes Atualizado em 1 jul 2022, 18h52 - Publicado em 1 jul 2022, 15h48

O governador de São Paulo, Rodrigo Garcia (PSDB-SP), decidiu suspender o reajuste anual de 11,73% nos pedágios das rodovias paulistas. A justificativa oficial é de que o aumento de quase 30% no preço da gasolina nos últimos doze meses pressionou os custos dos motoristas. A CCR, que teve suas concessões no estado ampliadas por mais onze anos com base nas contas da Artesp, que promoveu reajustes por desequilíbrio econômico nas rodovias de 9 500%, diz que vai à Justiça se o pedágio não subir. “O Grupo CCR espera que o estado de São Paulo reitere o seu respeito à lei e aos contratos de concessão em vigor. Não o fazendo, as concessionárias adotarão as medidas cabíveis para garantir a aplicação dos direitos contratualmente estabelecidos”, disse a empresa.

Os analistas da XP Investimentos afirmam que a suspensão do reajuste é negativa para empresas como CCR e EcoRodovias e que o impacto no caixa das companhias seria na ordem de 8% do Ebitda. “Acreditamos que as empresas tentarão negociar com a Artesp e o governo um rápido reequilíbrio em caixa, e não via extensão de contrato”, escreveram. Duas medidas já adotadas em situações semelhantes no passado são a redução da taxa de concessão variável e a autorização para cobrança de eixos suspensos de caminhões.

*Quer receber alerta da publicação das notas do Radar Econômico? Siga-nos pelo Twitter e acione o sininho.

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Plano para Democracia

- R$ 1 por mês.

- Acesso ao conteúdo digital completo até o fim das eleições.

- Conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e acesso à edição digital da revista no app.

- Válido até 31/10/2022, sem renovação.

3 meses por R$ 3,00
( Pagamento Único )

Digital Completo



Acesso digital ilimitado aos conteúdos dos sites e apps da Veja e de todas publicações Abril: Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Placar, Superinteressante,
Quatro Rodas, Você SA e Você RH.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)