Veja Digital - Plano para Democracia: R$ 1,00/mês
Radar Econômico Por Victor Irajá Análises e bastidores exclusivos sobre o mundo dos negócios e das finanças. Com Diego Gimenes e Felipe Erlich

A conta da Vivo e da Tim vai baixar por causa do corte no ICMS?

VEJA Mercado: alíquota do imposto estadual deve cair de 30% para, no máximo, 18%

Por Diego Gimenes 29 jun 2022, 15h49

Depois do presidente Jair Bolsonaro sancionar a lei que limita a cobrança do ICMS de alguns setores como o de telecomunicações para no máximo 18%, alguns estados como São Paulo e Goiás já reduziram suas alíquotas, que variavam de 25% a 30%. Mas, afinal, a conta de celular vai baixar? Na visão do mercado financeiro, sim. “Esperamos que as empresas repassem a maior parte do benefício aos clientes por meio de reduções de preços, evitando a reação de entidades de defesa do consumidor, mídia e governos estaduais e nacional”, escreveram os analistas do Citi.

Para o Credit Suisse, o corte, ainda assim, é positivo para empresas listadas, como Vivo e Tim, e deve aumentar as receitas dessas companhias. “Quaisquer ganhos para as empresas de telecomunicações são mais prováveis ​​de ocorrer por meio da elasticidade de preço. Se as empresas de telecomunicações conseguirem reter diretamente uma parte desse benefício, o lado positivo é material”, disseram os analistas. Em outras palavras, uma das alternativas é que os clientes avaliem upgrades nos planos para aproveitar a queda nos preços.

*Quer receber alerta da publicação das notas do Radar Econômico? Siga-nos pelo Twitter e acione o sininho.

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Plano para Democracia

- R$ 1 por mês.

- Acesso ao conteúdo digital completo até o fim das eleições.

- Conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e acesso à edição digital da revista no app.

- Válido até 31/10/2022, sem renovação.

3 meses por R$ 3,00
( Pagamento Único )

Digital Completo



Acesso digital ilimitado aos conteúdos dos sites e apps da Veja e de todas publicações Abril: Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Placar, Superinteressante,
Quatro Rodas, Você SA e Você RH.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)