Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês
O Som e a Fúria Por Felipe Branco Cruz Pop, rock, jazz, black music ou MPB: tudo o que for notícia no mundo da música está na mira deste blog, para o bem ou para o mal

O retorno de uma das bandas mais cultuadas do rock

Em entrevista ao jornal 'The Independent', o vocalista do The Kinks, Dave Davies, disse que falou com o irmão e ele concordou em ressuscitar a banda

Por Felipe Branco Cruz Atualizado em 26 jul 2022, 18h56 - Publicado em 26 jul 2022, 17h18

O riff rápido e ligeiro que abre You Really Got Me, do The Kinks, lançada nos anos 1964, é até hoje uma das músicas mais reconhecidas da história do rock, que chegou a influenciar guitarristas como Pete Townshend, do The Who, e Tom Petty. Formada nos anos 1960 pelos irmãos Ray e Dave Davies, a banda jamais se separou formalmente, mas a relação entre os integrantes se deteriorou bastante ao longo dos anos, até que eles se apresentaram pela última vez em 1996. Cada um dos irmãos continuou sua carreira solo, mas com alguns esporádicos momentos de reaproximação, como em 2015, quando Ray se juntou a Dave para tocar You Really Got Me no Islington Assembly Hall.

Em entrevista ao jornal britânico The Independent, Dave, de 75 anos, afirmou que em 2024, quando a música completará 60 anos, ele gostaria de voltar a tocar com o irmão. “Como todo fã, estou com os dedos cruzados. Seria a ocasião perfeita para reunir a banda novamente. Ray e eu conversamos sobre isso, é possível”, afirmou. Em 2020, os dois irmãos foram vistos juntos bebendo cerveja na véspera do Natal, em Londres. Dave disse que após anos de brigas, o relacionamento com o irmão está voltando ao normal. “Falamos de futebol, somos torcedores do Arsenal”, afirmou.

A entrevista, no entanto, ocorreu para divulgar o novo livro de memórias de Dave, Living on a Thin Line (que também batiza uma canção da banda), lançado recentemente no Reino Unido. No livro, Dave fala sobre sua recuperação após ter sofrido um derrame em 2004, e também relembra a bizarra história – que ele garante ser verdade – de que ele teria parado de fazer sexo a pedido de alienígenas.

Dave fala com naturalidade sobre o incidente extraterrestre, que ganhou os tabloides britânicos há duas décadas, e diz que tudo ocorreu em 1982, no Sheraton Hotel, em Richmond, na Virgínia, Estados Unidos. Dave estava na estrada com o The Kinks quando diz ter ouvido vozes se comunicando por telepatia. “Pode parecer um pouco louco”, ele escreve no livro. “Chamei essas vozes de ‘as inteligências’ e percebi que elas assumiram o comando completo dos meus sentidos”, completa. Uma das mensagens era para que ele parasse de fazer sexo porque “queriam transmutar minha energia sexual para um nível vibracional mais alto”. Sexo extraterrestre à parte, tomara que eles voltem a fazer música.

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Plano para Democracia

- R$ 1 por mês.

- Acesso ao conteúdo digital completo até o fim das eleições.

- Conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e acesso à edição digital da revista no app.

- Válido até 31/10/2022, sem renovação.

3 meses por R$ 3,00
( Pagamento Único )

Digital Completo



Acesso digital ilimitado aos conteúdos dos sites e apps da Veja e de todas publicações Abril: Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Placar, Superinteressante,
Quatro Rodas, Você SA e Você RH.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)