Assine VEJA por R$2,00/semana
Imagem Blog

O Som e a Fúria

Por Felipe Branco Cruz
Pop, rock, jazz, black music ou MPB: tudo o que for notícia no mundo da música está na mira deste blog, para o bem ou para o mal
Continua após publicidade

O erro imperdoável dos novos filmes sobre a vida de astros da música

Uma leva de cinebiografias, autorizadas por familiares ou pelos próprios cantores, ameniza polêmicas em tramas que não honram o legado dos artistas

Por Felipe Branco Cruz Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO Atualizado em 3 jun 2024, 16h33 - Publicado em 2 jun 2024, 08h00

Quando já estava mais do que evidente que Amy Winehouse (1983-2011) era alcoólatra, seu pai, Mitch, se negou a interná-la em uma clínica de reabilitação: afinal, ela tinha shows e gravações que lhe renderiam uma grana alta. Mais tarde, Amy se viciou em heroína — droga apresentada por seu marido, Blake Fielder-Civil. As duas figuras masculinas tiveram papel essencial na vida da cantora — mas não por boas razões, como mostra o revelador documentário Amy (2015), vencedor do Oscar. Não é isso, porém, o que sugere a cinebiografia Back to Black, em cartaz nos cinemas, cujo roteiro foi autorizado por Mitch: no drama raso em torno da trágica história da cantora (interpretada por Marisa Abela), que morreu vítima de vícios, aos 27 anos, os dois são pintados como peças fundamentais no sucesso dela. Blake (Jack O’Connell) é visto como um sujeito divertido, bon vivant e o “muso inspirador” da inglesa. Já o pai (Eddie Marsan) é um taxista que se desdobrou pela carreira da filha.

FÁBULA - Sidney Magal: vida do astro vira uma história de amor clichê
FÁBULA – Sidney Magal: vida do astro vira uma história de amor clichê (./Divulgação)

Amy, minha filha – Mitch Winehouse

Infelizmente, Back to Black integra uma leva recente de cinebiografias que se propõem a contar a história de astros musicais, só que jogando para baixo do tapete toda sorte de problemas: além de Amy, fazem parte desse roteiro desafinado Bob Marley, Whitney Houston e estrelas nacionais, como Gal Costa, Mamonas Assassinas e Sidney Magal. Em breve, Michael Jackson vai reforçar a lista. Como contam com a chancela de familiares ou dos próprios cantores, momentos polêmicos — e por vezes essenciais da biografia de um artista — são suavizados, alterados ou até eliminados. O resultado são enredos anódinos, de tom chapa-­branca e sem credibilidade.

SEGREDOS - Whitney Houston: romance gay vira fase e drogas nem aparecem
SEGREDOS - Whitney Houston: romance gay vira fase e drogas nem aparecem (Sony Pictures/.)

Back to Black – Amy Winehouse [Disco de vinil]

Em Bob Marley: One Love (2023), por exemplo, o longa passa ao largo dos casos extraconjugais que minaram o casamento do jamaicano. Em I Wanna Dance with Somebody — A História de Whitney Houston (2022), o vício em drogas da cantora não ganha cenas explícitas — assim como o romance lésbico, que quase ficou fora do roteiro, não fosse a insistência da diretora Kasi Lemmons: mesmo assim, o namoro foi retratado como uma fase passageira da vida de Whitney. Amy, então, era um gênio atormentado e de talento gigantesco — detalhes essenciais que se tornaram secundários no filme. Prevista para o ano que vem, a cinebiografia de Michael Jackson, com o sobrinho Jaafar Jackson na pele do músico, promete seguir a mesma trilha questionável e ignorar as muitas acusações de abuso de menores que rondam a memória do astro.

FANTASIA - Mamonas Assassinas: longa com cenas anódinas e sem graça
FANTASIA - Mamonas Assassinas: longa com cenas anódinas e sem graça (Imagem filmes/.)

Whitney Houston: I Wanna Dance With Somebody [Blu-ray]

No caso dos brasileiros, suas tramas de vida e criatividade foram vertidas em fábulas rasteiras. O mais recente lançamento, Meu Sangue Ferve por Você, sobre Sidney Magal, em cartaz nos cinemas, inventa histórias dramáticas (e bregas), como o encontro mágico dele com a esposa em um táxi. Enquanto isso, deixa de lado anedotas saborosas, como o dia em que quebraram a parede de um shopping para que Magal fugisse das fãs. A libertária Gal Costa virou menina ingênua e ativista política no filme Meu Nome É Gal, com Sophie Charlotte. Já os jovens alucinados e hilários dos Mamonas Assassinas perderam a personalidade no longa de 2023.

Continua após a publicidade

OUTRA TRILHA - Michael Jackson: caso de abuso sexual infantil omitido
OUTRA TRILHA - Michael Jackson: caso de abuso sexual infantil omitido (./Divulgação)

Bohemian Rhapsody [Blu-ray]

A estratégia é simples e equivocada: ao mantê-los no campo dos intocáveis, tais filmes almejam perpetuar a memória e o legado dos biografados — trazendo, assim, mais lucro para os envolvidos. Mas o efeito é o contrário: Back to Black foi um fracasso de público. Em outra ponta, o sincerão Bohemian Rhapsody (2018), sobre o Queen e a luta de Freddie Mercury contra a aids, é a segunda cinebiografia mais rentável da história, com 910,8 milhões de dólares em bilheteria. O show não pode parar, mas a receita do sucesso precisa ter aquela dose indispensável de verdade.

Publicado em VEJA de 31 de maio de 2024, edição nº 2895

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.