Veja Digital - Plano para Democracia: R$ 1,00/mês
O Som e a Fúria Por Felipe Branco Cruz Pop, rock, jazz, black music ou MPB: tudo o que for notícia no mundo da música está na mira deste blog, para o bem ou para o mal

O drama de um dos maiores percussionistas brasileiros

Vaquinha virtual busca recursos para o tratamento de saúde do músico Aírto Moreira, de 80 anos, que já tocou com Miles Davis e Herbie Hancock

Por Felipe Branco Cruz Atualizado em 30 jun 2022, 15h20 - Publicado em 28 jun 2022, 16h02

Um dos mais importantes percussionistas do Brasil e do mundo, o catarinense Aírto Moreira, de 80 anos, está buscando ajuda financeira com os fãs por meio de uma vaquinha virtual para custear seu tratamento de saúde. O músico, que atualmente mora em Curitiba, no Paraná, teve uma forte pneumonia que deixou graves sequelas motoras. Antes disso, ele já fazia tratamento para hepatite C. Recluso durante a pandemia e sem shows, Aírto e sua esposa, a cantora Flora Purim, ficaram sem fontes de renda. O dinheiro da vaquinha vai ajudar a custear, inclusive, um acompanhamento 24 horas por dia de enfermeiras, já que hoje ele não pode ficar sozinho.

“Hoje ele necessita de fisioterapia, fonoaudiologia e tratamentos especiais. Nosso objetivo aqui é arrecadar uma quantia suficiente para que ele possa atravessar esse momento delicado com serenidade, conforto, dignidade e todos os cuidados necessários”, diz o texto publicado na plataforma virtual que está arrecadando o dinheiro para o músico. Aberta há quatro dias, a vaquinha que tem a meta de arrecadar 120.000 reais, já recebeu até o momento 24.000 reais.

Em seus mais de 60 anos de carreira, Aírto já integrou o Sambalanço Trio, com César Camargo Mariano e Humberto Cláiber. Depois ele tocou com Hermeto Pascoal no Sambrasa Trio. No final dos anos 1960, ele se mudou para os Estados Unidos onde participou da gravação de um dos mais importantes discos de Miles Davis, Bitches Brew, tocando percussão e cuíca. Aírto e Flora Purim, que é uma das mais importantes cantoras de jazz do mundo. Com Flora, Aírto gravou Return To Forever, clássico de Chick Corea. O disco, mais tarde, deu origem a um grupo de mesmo nome, liderado por Corea, por onde passaram outros grandes músicos como Stanley Clarke e Al Di Meola.

Além de Davis e Corea, ele tocou também com Wayne Shorter, Herbie Hancock, Dave Holland, John McLaughlin, Keith Jarrett, integrou a formação original do Weather Report ao lado de Wayne Shorter, Joe Zavignul, Miroslav Vitous e Alphonse Mouzon. No ano passado, Aírto chegou a lançar o álbum Eu Canto Assim, com a gravação de nove músicas lançadas entre 1950 e 1960.

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Plano para Democracia

- R$ 1 por mês.

- Acesso ao conteúdo digital completo até o fim das eleições.

- Conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e acesso à edição digital da revista no app.

- Válido até 31/10/2022, sem renovação.

3 meses por R$ 3,00
( Pagamento Único )

Digital Completo



Acesso digital ilimitado aos conteúdos dos sites e apps da Veja e de todas publicações Abril: Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Placar, Superinteressante,
Quatro Rodas, Você SA e Você RH.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)